Documentário filmado em São Bento do Sapucaí recebe prêmio em Hollywood

Casamento realizado no Restaurante Pedra do Bau
Casamento Realizado com Sucesso
10 de abril de 2016
Da-esquerda-para-a-direita-os-músicos-Alfredo-Paiva-Bruno-Miranda-e-Arthr-Rodolfo
Circuito Tem Sarau na Mantiqueira divulga programação de inverno
30 de maio de 2016
Exibir tudo

Documentário filmado em São Bento do Sapucaí recebe prêmio em Hollywood

O curta-metragem mostra a relação entre o universo da escalada e a vida, criando uma reflexão sobre desafios e a vivência do momento presente

“Agora”, um filme produzido e dirigido por Otávio Lima e Mickael Couturier, foi gravado em São Bento do Sapucaí no início de 2015 e recebeu o prêmio de Melhor Curta Estrangeiro no Hollywood International Independent Documentary Awards – HIIDA em abril deste ano.

Capa-do-filme-Agora-produzido-por-Otávio-Lima-e-Miackel-CouturierSão Bento do Sapucaí, conhecida pela hospitalidade e pelo turismo regional, também é um município que atrai diversos escaladores do Brasil por ser um dos melhores lugares para a prática de escalada no país. Esse foi um dos motivos para que o artista de efeitos visuais, produtor e diretor cinematográfico Otávio Lima escolhesse a cidade como cenário para o documentário “Agora”.. A Pedra da Divisa, local escolhido para as gravações, apresenta não apenas uma escalada de nível difícil, mas também um visual que remete à ideia da dificuldade, além da beleza do lugar em si. O filme, que ainda não está disponível para exibição e tem o escalador Lucas Câmara Lima, irmão de Otávio, como protagonista, venceu o prêmio de Melhor Curta Estrangeiro em abril deste ano no Hollywood International Independent Documentary Awards – HIIDA, divulgado no Evento de Primavera do Festival, que aconteceu dia 11 de Junho, em que participaram os vencedores dos 3 meses anteriores ao evento.

Desde a formulação da ideia, que veio da vontade de juntar o trabalho com a paixão pela escalada que Otávio e o irmão compartilham desde a adolescência, passando pela criação do roteiro até a finalização, o documentário demorou quase um ano para ser criado. As gravações foram feitas na cidade de São Paulo e grande parte em São Bento, na Pedra da Divisa, que como o próprio nome diz, divide  o município e a cidade de Gonçalves, Minas Gerais. Com um projeto colaborativo de 6 integrantes na produção, o filme mostra a relação entre a escalada e a vida, com toda a superação de desafios existente entre as duas potências. Porém, Otávio, através do documentário, faz um apelo à vivencia do dia a dia, mostrando que o importante é aproveitar o momento presente. “A escalada é uma metáfora incrível para qualquer outra coisa. Porque não é o topo que importa, é a escalada”, ressaltou. “O topo é um estado passageiro, você passa por lá e vai descer, começar outra coisa. Você tem que estar conectado com o presente, com o que você faz, com o que você é e com o que te faz feliz”.

Lucas Motoshima, Administrador formado em Análise de Sistemas e morador de São Bento há cerca de um ano, foi um dos integrantes da produção do filme, cuidando da segurança do protagonista e do restante da equipe. Amigo dos irmãos Lima e escalador há 6 anos, Lucas viu no documentário uma forma de agradecer a cidade. “Foi uma experiência incrível poder trabalhar com toda a equipe e poder retribuir todo o carinho sambentista mostrando nossa beleza para o mundo”. E ainda fala sobre o principal objetivo do filme. “É um filme de escalada, porém diz muito sobre a vida e o modo que olhamos para ela. É uma profunda reflexão afim de fazer as pessoas curtirem mais o dia a dia e os seus pequenos detalhes, que fazem dos nossos caminhos mais alegres e felizes”.

Otávio Magalhães Cardoso da Câmara Lima

Otávio Lima no evento trimestral do Festival Hollywood International Independent Documentary - HIIDA em 11 de Junho de 2016. Foto - HIIDA Divulgação

Otávio Lima no evento trimestral do Festival Hollywood International Independent Documentary – HIIDA em 11 de Junho de 2016. Imagem: Divulgação/HIIDA

Otávio é formado em Design Gráfico voltado para Animação pela Universidade Veiga de Almeida – UVA, onde realizou como projeto final da Universidade, a animação “Kmon – Campeonato de Escalada”, que foi selecionada para o Anima Mundi 2014, maior Festival de Animação da América Latina. Atualmente cursando Cinematografia pela UCLA Extension, ele trabalha em projetos paralelos como o filme “Agora”, de 2015. Otávio também trabalhou na Conspiração Filmes como Compositor Digital e Artista de Efeitos Visuais, empresa pela qual fez inúmeros comerciais de TV, incluindo L’Oréal, Coca-Cola, Gilette, e também os filmes “O Homem do Futuro” com Wagner Moura e Alinne Morais, que venceu na categoria Melhor Efeito Visual do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2012, “Gonzaga – de Pai para Filho” e “À Beira do Caminho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *